emergências hipertensivas

4 minutos As emergências hipertensivas podem ser definidas como hipertensão grave com sinais de comprometimento de órgãos-alvo ou sistemas (cérebro, sistema cardiovascular e rins). Nas emergências hipertensivas, proceder a investigação clínica de acordo com o sistema é fundamental. Quando o sistema afetado é o renal, deve-se observar a redução do volume urinário, edema, hematúria e disúria. Deve-se procurar por massas palpáveis e sopros no abdome. Quando o sistema cardiovascular é afetado, é dever do profissional de saúde se atentar às medidas da pressão arterial, Continue lendo